Visitantes sentem calafrios e presenças arrepiantes no Museu Imperial de Petrópolis

13.065 visualizações 0 comentários 08 Set, 2015

O Museu Imperial fica localizado na cidade de Petrópolis, RJ e durante muitos anos tem despertado a curiosidade de muita gente, não apenas pelo seu maravilhoso acervo histórico, com mais de 300 mil peças, mas também pelas histórias de diversos acontecimentos sobrenaturais.

Quando D. Pedro I viajava para Minas Gerais, passava pela Mata Atlântica e ficava hospedado na fazenda do Padre Correia. Encantado com o clima ameno e o verde da região, lembrando a Europa, o Imperador tentou comprar a fazenda, mas recebeu uma recusa. Com isso, comprou a Fazenda do Córrego Seco e ali, construiu um palácio neoclássico imponente, obra que acabou em 1862. Um pouco mais a frente, instituiu ali a cidade de Petrópolis, que atraiu colonos europeus e através dos anos construíram a linda "Cidade de Pedro".

A construção de D. Pedro I se transformou no Museu Imperial, que guarda toda esta história, bem como a história do Império e da própria cidade de Petrópolis. Contendo carruagens, velhas locomotivas, roupas da época, quartos inteiros preservados com seus móveis inusitados, talheres, jóias e muitos outros objetos incríveis, o lindo Museu também guarda um coração sobrenatural pulsante, ativo e que desperta o medo em quem anda por lá.

O lugar que abriga a coroa real, linda e absoluta, revela através de centenas de relatos histórias bem intrigantes de atividades paranormais.

Pessoas que já moraram lá alegam ouvir diariamente o choro de uma criança, vindo da sala que guarda as carruagens. Algumas dessas pessoas, inclusive, foram conferir na dúvida e ao chegarem no ambiente não encontraram nada.

Outros funcionários, que andam por lá a noite, dizem ouvir passos, correntes sendo arrastadas, gritos, murmúrios e outros sons que não têm explicação.

De todas as histórias, uma que é bem popular na cidade, quiça a mais popular de todas, é a mulher que caminha nos jardins a noite.

São inúmeros relatos de pessoas que garantem terem visto a tal mulher, misteriosa, nobre, sublime, mas aparentemente fantasmagórica e mortal. O que surpreende é que são pessoas diferentes, que nunca tiveram contato entre si e todas dão o mesmo relato, apresentando em sua maioria características bem peculiares, deixando aquela pulga atrás da orelha de quem escuta.

Se você quiser saber mais sobre o Museu Imperial, basta clicar AQUI que te encaminhamos para o site oficial. Quem sabe você não pega o endereço e vai até lá dar uma conferida no acervo? Talvez encontre um fantasma do passado para trocar uma idéia!

Já teve alguma experiência no Museu Imperial ou em algum outro lugar parecido? Comente logo abaixo e compartilhe o Medologia com seus amigos nas redes sociais. Assistam nossos Curtas de Terror, abaixo está o inédito desta semana!

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber os vídeos toda semana e também as notícias fresquinhas do portal.