6 melhores filmes de vampiros

899 visualizações 0 comentários 30 Dez, 2016

Os filmes de vampiros fazem parte de nossa cultura há quase um século e passaram por mais transformações do que o cinema de qualquer outro monstro. Essas produções já foram desde representações de praga e doenças (Nosferatu) até símbolos de moralidade (Crepúsculo). No espírito de fim de ano, aqui vai uma lista comemorando os melhores filmes de vampiros modernos.

Para os propósitos da lista, os títulos abordados foram lançados durante ou depois da década de 1970. Isso porque, na era dos Monstros da Universal e um período depois, quase todos os longas de vampiros eram uma variação de Drácula ou uma inspiração do romance Carmilla do século XIX, com apenas poucas exceções. Por isso, a lista abordará filmes de vampiros dos últimos 40 anos, quando o gênero começou a se expandir para além das fronteiras da Transilvânia.

6. Blade, O Caçador de Vampiros

Dirigido por Stephen Norrington e lançado em 1998, Blade foi o primeiro sucesso da Marvel que até resultou em uma trilogia (com uma das sequências até dirigida por Guillermo Del Toro). Aqui, Wesley Snipes interpreta uma criatura híbrida entre humano e vampiro, originária das páginas de quadrinhos dos anos 70. Após ser adotado por Whistler, que o treina e controla sua sede de sangue, ele passa a vida matando vampiros. Snipes faz um ótimo trabalho acrescentando carisma ao personagem, sem contar as sequências de luta que, vinte anos depois, ainda são excelentes. Como resultado, Blade é um bom filme de vampiro tanto quanto um bom filme de ação.

5. Amantes Eternos

Escrito e dirigido por Jim Jarmusch, o filme britânico foi lançado em 2014. É um drama romântico, estrelado por grandes nomes como Tilda Swinton, Tom Hiddleston e Mia Wasikowska. A trama é uma história de amor entre dois vampiros eruditos, que estão cansados da sociedade atual e extremamente incomodados com a evolução da humanidade. Vivendo com muita cumplicidade e amor por séculos em uma vizinhança abandonada de Detroit, sua relação é abalada após a aproximação da irresponsável irmã caçula da vampira. Além dos personagens muito bem interpretados, a fotografia e trilha sonora do filme o tornam imperdível.

4. A Hora do Espanto

Filme de 1985, dirigido por Tom Holland, conta a história de Charley Webster (William Ragsdale), um adolescente viciado em programas de terror. Ele acredita que seus novos e estranhos vizinhos são vampiros disfarçados e pede ajuda a Peter Vincent (Roddy McDowell), um pretenso caçador de vampiros para resolver esse problema. O caçador, no entanto, se recusa a ajudá-lo por covardia e por não acreditar na história. O filme de Holland parece uma mistura de Hitchcock com filmes de terror antigos, resultando em uma comédia de dar medo. O título funciona não só como cinema de terror, mas também garante risadas e ainda faz tributo às produções de Christopher Lee and Peter Cushing. Além disso, o filme também conta com efeitos especiais do legendário especialista Richard Edlund. O remake de 2011 não é tão ruim, mas nada como a obra original.

3. Os Garotos Perdidos

Dirigido por Joel Schumacher e lançado em 1987, esse foi o filme que cunhou a famosa frase: “Sleep All Day. Party All Night. Never Grow Old. Never Die. It’s Fun To Be a vampire”. A trama acompanha os irmãos adolescentes Michael e Sam, que se mudam com a sua mãe para uma pequena cidade na Califórnia. Enquanto Sam se junto aos nerds Edward e Alan, Michael se apaixona por Star, que infelizmente é escrava de David, um líder de uma gangue de vampiros. Michael se mete em confusão, então Sam e seus novos amigos embarcam na missão de salvar o irmão e Star dos vampiros terríveis. O filme é um dos mais bem sucedidos quando falamos em comédia de horror. Sua estética de MTV torna o filme temporal, com todas aquelas referências de cores, roupas, cabelos e música fazendo muito fã nostálgico. Aliás, foi essa produção que inspirou a série de TV Buffy - A Caça Vampiros.

2. Deixe ela entrar

Filme sueco dirigido por Tomas Alfredson e lançado em 2008 bem no período em que vampiros reinavam a cultura pop (o filme Crepúsculo e a série True Blood faziam um sucesso estrondoso). Mas, nenhuma dessas produções conseguiu criar o que este filme fez. Baseado no romance de John Ajvide Lindqvis, a trama conta a história de um menino Oskar, que vive com sua mãe solteira em um modesto apartamento em Estocolmo nos anos 80. Quando novos vizinhos mudam para o mesmo prédio, Oskar se interessa pela filha Eli, que ele descobre ser uma vampira. A chegada de Eli coincide com uma leva de assassinatos na cidade, pois afinal ela tem fome e precisa de alimentar. Enquanto isso, Oskar sofre bullying na escola e passa a ter a ajuda de Eli, o que aflora o relacionamento entre eles. O filme tem duas performances de excepcionais de crianças, além de um tom sombrio que consegue tornar a história o mais real e inocente possível, o que é assustador.

1. Entrevista com o Vampiro

Um clássico quando falamos em filmes de vampiro, este foi dirigido por Neil Jordan e lançado em 1994. O roteiro é baseado na história de Anne Rice, de 1976, um romance contado do ponto de vista de um vampiro. A trama se passa em Louisiana do século 18, onde Louis é transformado em vampiro pelo aristocrata francês Lestat. Juntos, eles irão transformar a menina Claudia em sua filha vampira. Os produtores fizeram escolhas controvérsias que fizeram do filme um sucesso, como escalar Tom Cruise como o andrógino Lestat e Brad Pitt como Louis. Outro grande nome é Kirsten Dunst, que faz Claudia, um papel que mudou sua carreira para melhor. Dentre os filmes da lista, esse é o mais épico, e nenhum outro foi capaz de superá-lo até então.

Deixe a sua opinião nos comentários e compartilhe o Medologia com seus amigos nas redes sociais. Assistam nossos Curtas de Terror, estão demais!

Inscreva-se em nossa Newsletter para receber os vídeos toda semana e também as notícias fresquinhas do portal.

Abaixo está o nosso Curta da semana: